Amor romântico adulto é um laço afetivo assim como o que existe entre mãe e filho

Por um tempo, nós acreditamos que à medida que amadurecemos superamos a necessidade de proximidade intensa, carinho e conforto que tivemos com nossos cuidadores, e que as relações românticas adultas eram basicamente de natureza sexual. Esta é uma visão distorcida do amor adulto.

A necessidade de depender de uma pessoa preciosa, saber que quando chamamos essa pessoa estará lá para nós, nunca vai desaparecer. Nós simplesmente transferimos essa necessidade do nosso cuidador principal para o nosso amante. Portanto, o amor romântico não é ilógico, é, de fato, a continuação de um plano ordenado para a nossa sobrevivência.

No entanto, há uma diferença: o nosso parceiro não tem que estar lá fisicamente. Quando crianças, precisávamos de nossos cuidadores perto, a fim de estarmos seguros e protegidos. Como adultos, podemos usar imagens mentais de nosso parceiro para chamar um senso de conexão. Sempre que eu tenho de fazer uma apresentação, fico ansiosa e nervosa. O que eu faço para me acalmar, é imaginar o meu marido em mente e as suas palavras encorajadoras.

O que a ciência diz sobre o amor – 1

The following two tabs change content below.

Marta Rocha

Latest posts by Marta Rocha (see all)